São Paulo, 25/06/2017        
PÁGINA INICIAL
Florais de Bach para animais
 
ARTIGOS     
 
Tratamento de tabagismo na homeopatia

- Anamnese detalhada com sintomas atuais, passados, incluindo o maior número de sintomas físicos e emocionais possível desde o início do tabagismo até hoje.

- Pesquisamos: os medos de que? Angustia por que? Tristeza de que? Raiva de quem? Preocupação excessiva pelo que?

- Partimos em busca de um ou mais medicamentos que possam curar ou amenizar sintomas emocionais atuais ou do passado, mas que ainda exerçam grande influência no tabagismo atual.

- Dependendo do grau de intoxicação e do tempo e quantidade de cigarros usados diariamente, usamos medicamentos drenadores (desintoxicantes) do pulmão e também fígado e rim.

- Usamos isoterápicos como tabacum CH6 desde uma semana antes da data marcada para parar de fumar, até o fim da fase de abstinência.

- Aconselhamos e conversamos muito com o paciente, não somente sobre todos os riscos do tabagismo, mas principalmente mostrando como ele irá se sentir sem o cigarro. Sempre trabalhando a mente positivamente, em direção ao futuro promissor e saudável.

- Grande importância é dada na reconstrução da auto-estima em relação a sua forte força interior e pontuando que a alma comanda a mente e este comanda o corpo. Procuramos ressaltar que a saúde advém do equilíbrio dinâmico do corpo, mente e espírito.

- É necessário no primeiro mês retorno semanal, para que o paciente sinta-se protegido e estimulado a contar seu progresso ou fracasso.

- Os fracassos nunca são criticados, mas sim acolhidos com amor e incentivo para que continue tentando.

- Aconselhamos sempre “fazer combinados”, marcar data para parar. É bom incentivar a parar de uma vez. Se não for possível tentar diminuir ao longo de duas semanas (não mais que isso) reduzindo X números de cigarros por dia, ou tentando fumar o primeiro cigarro, cada dia com 1 hora de atraso ou qualqueroutro combinado como: só fumar em casa, ou só no trabalho, etc.

- Tratar os sintomas da abstinência como: dor de cabeça, fissura para fumar, irritabilidade,alterações do sono, tosse, indisposição gástrica mau humor etc, com homeopatia para cada sintoma em separado.

- É importante salientar que é prudente iniciar o tratamento homeopático de fundo, pelo menos 30 a 40 dias antes de parar de fumar.

- Aconselhamos e incentivamos o tratamento paralelo com acupuntura, auriculoterapia, psicoterapia, técnicas de relaxamento e meditação.

QUEM NÃO FUMA APROVEITA MELHOR A VIDA

Dra. Ana Clélia Mattos é médica , formada na Universidade Franciscana em Bragança Paulista em 1983.
Residência médica em Pediatria nos anos 80.
Pós-graduação em Homeopatia em 1990, com aplicação em Homeopatia Unicista, Pluralista e Complexista, na antiga Associação Brasileira de Homeopatia, Hospital do Servidor Municipal e no IBHE em São Paulo.
Pós – graduação em Medicina Chinesa e Acupuntura na Escola Paulista de Medicina (Unifesp).
Pós –graduação em Fitoterapia Chinesa, na AMBA.
Curso de Fitoterapia brasileira no CEATA

<<Voltar para página Anterior

 

 

Topo^   

COLUNAS