São Paulo, 16/10/2017        
PÁGINA INICIAL
Florais de Bach para animais
 
ARTIGOS     
 
Eu quero que o mundo acabe em 2012!
Ivana Maria França de Negri

Se as profecias não se concretizarem, eu mesma vou destruí-lo com meus próprios meios.
Darei um tiro certeiro no coração deste planeta a fim de dizimar todos os edifícios de injustiças. Quero exterminar a pobreza e as desigualdades sociais e desconstruir o sistema que está falido e deixando muito a desejar.
Quero que o egoísmo e a sede de poder reinantes sejam aniquilados totalmente. E que não reste pedra sobre pedra das prisões que o próprio ser humano constrói. Prisões do orgulho, da inveja, da ganância, do poder, da intolerância.
Quero matar um a um todos os padrões arcaicos e virulentos. E principalmente, derrotar o ódio e a violência despejando bombas de paz por todo o planeta.
Que seja um evento sem precedentes na face da Terra e todas as negatividades se apaguem, se dissipem, virem pó. É preciso varrer do mapa a corrupção que assola os países, vinda de pessoas que deveriam ter nosso voto pleno de confiança.
Quero matar tudo o que polui, devasta e impede o equilíbrio ecológico.
Quero queimar as vaidades, as frivolidades e a falta de compaixão.
Claro que tudo o que escrevi é uma grande metáfora. O mundo não vai acabar, mas cada pessoa pode exterminar tudo o que não presta e fazer uma faxina geral.
Vamos criar uma egrégora boa que vai matar o que é ruim e criar energias positivas. Egrégora é o somatório das energias físicas, mentais, emocionais e espirituais de cada ser, que se misturam e se acumulam como nuvens, pairando invisivelmente sobre o planeta. São as formas-pensamentos coletivas.
Estão presentes em todos os lugares em que grupos, com afinidades e anseios comuns, se reúnem, como nos clubes, igrejas, empresas, nas associações, quando todas as energias se juntam formando uma entidade única e poderosa. E a egrégora criada por pensamentos benevolentes e pacíficos, pode ser uma arma de inimaginável poder.
As pessoas geralmente crêem que as ações são mais valiosas que os pensamentos, mas antes de realizar uma ação, há um pensamento anterior que a faz concretizar-se. Por isso a mente é poderosa, mas nós ainda não aprendemos a adestrá-la.
Uma pessoa sozinha não consegue mudar uma aura negativa que foi criada através de muitas energias negativas juntas. Por isso é preciso juntar-se a grupos do bem para fortalecê-los, canalizar sempre as energias em algo positivo e benéfico para todos. No conceito místico filosófico, todo pensamento e emoção gerados por grupos, têm energia própria e podem circular livremente por qualquer ambiente.
A egrégora tem um grande poder porque é um concentrado de energias.
Tal qual a lendária Fênix, o mundo sempre pode renascer das próprias cinzas. Conectados com o divino, com boas energias aflorando, o processo já se iniciou há tempos e a maioria nem percebeu. É bem sutil, e não há volta, tudo caminha e evolui constantemente.
Chegará um tempo em que não existirão mais vilões nem heróis, apenas seres em evolução, aprendendo, tropeçando e levantando, ajudando-se uns aos outros, dando-se as mãos e seguindo em frente a caminho da luz. Uns demoram mais para percebê-la, outros já conseguem vislumbrar-lhe o brilho, um tímido aceno no fim do túnel. Outros, mais à frente da escala evolutiva, já conseguem penetrá-la e se banhar em seus raios.
E que acabe este mundo violento e ressurja outro de Paz, Amor e Fraternidade.

Ivana Maria França de Negri é escritora
(http://bloguinho-infantil.blogspot.com.br/)

<<Voltar para página Anterior

 

 

Topo^   

COLUNAS