São Paulo, 19/11/2017        
PÁGINA INICIAL
Florais de Bach para animais
 
ARTIGOS     
 

Apesar da raça humana estar fazendo um excelente trabalho no quesito "poluição ao nível do auto-extermínio", ainda nos resta esperança. Estudos recentes apontam para o surgimento de uma ramificação do Homo sapiens, o Homo limpadorus compulsivum, que poderá significar a salvação do planeta.
As pesquisas mostram outro fato alarmante: toda família terrestre já possui pelo menos um (ou uma) representante desta subespécie entre os seus. O que caracteriza este nosso primo mais evoluído é o desejo irrefreável de ver não apenas as coisas limpas, mas ver as coisas limpas por ele mesmo.
Para detectar o Homo Limpadorus compulsivum é muito simples: em uma dessas tardes insossas no final de semana, logo depois do almoço, dirija-se para a cozinha dizendo que está na hora da limpeza.
Imediatamente, o Limpadorus irá estacionar na porta, puxando conversa como quem não quer nada e então, com um movimento insuspeito, irá surrupiar um pano de prato na gaveta da esquerda e começará a passá-lo com requintes de detalhes naquilo que você jurava ter acabado de
limpar.
- Nossa, olha só – mostrando o pano tão limpo quanto antes -, ninguém merece! Faz o seguinte, vai lá ver televisão com o pessoal que eu termino aqui.
Você pode até aproveitar a deixa para esticar as pernas. Contudo, assim que ouvir algo como "o que essa casa está precisando é de uma boa faxina!", recomendo que assuma rapidamente o controle, tome o pano de prato do Homo Limpadorus e peça alguns sedativos hipnóticos
na farmácia mais próxima. Ou coloque-o para assistir um programa de auditório. O efeito é idêntico.
Manter uma boa higiene é imprescindível para sua saúde, mas o mutante tende a transformar isso em uma cruzada épica contra a própria existência das bactérias. Infelizmente, cerca de 60% das partículas de poeira em suspensão na sua casa são compostas por fragmentos de pele morta. O restante são fungos, ácaros e demais extraterrestres minúsculos. Você irá respirar isso umas 10 milhões de vezes por ano,
por mais que as paredes sejam alvejadas. Não há escapatória.
Todo Limpadorus que se preza também preocupa de modo exagerado com a preparação dos alimentos. Eles adoram deixar as alfaces afogadas a noite inteira em um caldo antibacteriano de composição alquimista.
Pobre coitado... para cada ser humano neste planeta existem 200 milhões de insetos. Ao longo de nossas vidas, engolimos mais de 70 deles durante o sono. Além disso, anualmente, centenas de pessoas morrem engasgadas com partes de canetas esferográficas. Conclusão: o perigo pode estar onde você menos espera. É melhor ficar mais atento.
Se você quiser ajudar seu ilustre representante de Homo Limpadorus compulsivum, passe à frente estas informações realmente úteis para a limpeza do lar doce lar:
- O chão da cozinha é considerado a área mais suja da casa. Os restos microscópicos de comida embutidos ali são o ambiente ideal para proliferação de vírus, fungos e bactérias. O chão deve ser varrido diariamente e lavado com produtos químicos específicos duas ou quatro vezes por semana.
- A pia da cozinha também deve ser lavada diariamente com detergentes fortes. Ao final do dia, é uma boa idéia enxaguá-la com uma panela de água aquecida. Mantenha as crianças longe neste momento.
- Por falar em pia: pelo menos duas vezes por semana, faça o mesmo com a pia do banheiro. Para facilitar, utilize um pouco de água sanitária no lugar da água aquecida. Logo você irá perceber que alguns detalhes da pia são difíceis de alcançar. Não esquente a cabeça: espere pela próxima crise no casamento e utilize a escova de dente do seu cônjuge para limpar estas reentrâncias. Depois guarde a
escova de volta.
- A bucha que você utilizou para lavar os pratos e talheres antes da refeição contém mais micróbios nocivos que o assento do seu vaso sanitário. Tudo bem, pode vomitar o almoço agora. A parte boa da notícia é que a bucha pode ser esterilizada no microondas: bastam 30 segundos (quando seca) ou 60 segundos (quando molhada), em potência máxima, para eliminar todas as bactérias.
- E uma última dica: todo mundo adora a sensação de limpeza de um bom banho, mas há quanto tempo você não dá uma geral no próprio chuveiro?
Assim que retornar ao banheiro, veja se não tem uma samambaia carnívora crescendo lá de dentro. Se for seguro, limpe o chuveiro antes que ele fagocite alguém da família.

********************************************************
Dr. Alessandro Loiola é médico, palestrante e escritor, autor de PARA
ALÉM DA JUVENTUDE – GUIA PARA UMA MATURIDADE SAUDÁVEL (Ed. Leitura,
496 pág.) e VIDA E SAÚDE DA CRIANÇA (Ed. Natureza, 430 pág.).
Atualmente reside e clinica em Belo Horizonte, Minas Gerais.


http://www.dralessandroloiola.blogspot.com

© Dr. Alessandro Loiola MSN: alessandroloiola@yahoo.com.br

Fones +55 (31) 3232-0555
___________________________________________________________________
VIVER É A MAIOR AVENTURA. VIVA COM SAÚDE!








<<Voltar para página Anterior

 

 

Topo^   

COLUNAS