São Paulo, 23/09/2019        
PÁGINA INICIAL
Florais de Bach para animais
 
ARTIGOS     
 



NOSSOS MARAVILHOSOS E SURPREENDENTES PELUDOS.

Grande é a surpresa do homem ao constatar, até cientificamente, que nossos amigos de quatro patas conseguem entender, sentir e até agir como muitos de nós. Sabe-se hoje que a capacidade de um cão adulto equivale a capacidade de entendimento de uma criança de três anos de idade, imediatamente me vêm à mente as crueldades e os maus-tratos a que são submetidos diariamente por uma sociedade insensível e ignorante. E o peito dói, dói ao relembrar os inúmeros casos de animais cegados, estuprados, abandonados a própria sorte como objetos sem vida, sem sentimento.
Qualquer pessoa com o mínimo de sensibilidade não esquece jamais os olhos dos excluídos, são tristes, profundamente desalentados, vagos... como não acreditando que a espécie humana seja tão desprovida de amor e respeito!
Há pouco foi confirmado que os cães podem dominar um vocabulário muito amplo, através de associação de palavras e objetos, sendo capazes de exprimir claramente seus desejos e necessidades.
Segundo o Dr. Eduardo Ottoni, da USP, o kit de ferramentas, conjunto de habilidades dos cães, é muito parecido com o dos humanos, não sendo tão sofisticado e complexo, o kit dos cães funciona perfeitamente para o que necessitam. Dr.ª Irvênia Prada, Professora de Neuroanatomia, USP, afirma que o cérebro dos animais só é diferente do cérebro humano no que tange a expressão quantitativa e não qualitativa e que serve, com certeza, de órgão de manifestação da mente, a doutora ainda esclarece que todo o aprendizado é feito em cima da capacidade de inteligência e não da instintiva.
Nos livros: Os Animais Têm Alma?, do Drº Ernesto Bozzano, e Animais Nossos irmãos, de Eurípedes Kuhl, encontrei alguns relatos muito interessantes, que considero provas cabais de que os cães, certamente, agem inteligentemente, dando inclusive, aulas de solidariedade à nossa espécie, como por exemplo, o caso de um cão que após ser tratado e curado por um cirurgião que o encontrou com uma pata esmagada na rua, volta à residência do mesmo cirurgião, após 12 meses, trazendo consigo um outro cãozinho também com uma das patinhas esmagada, para surpresa do médico.
Refletindo sobre o relato do cirurgião, concluo que os cães além de inteligentes são mais solidários que muitos de nós.
Em novembro de 2006, Paulo Sant’ana, do jornal ZERO HORA , de Porto Alegre, relata a história incrível de uma cadela que não só salvou um papagaio como também oito gatinhos que foram abandonados e que permaneciam vivendo juntos até a data acima.
Quem ainda não conhece uma história de um cão que tenha salvado seu dono, uma criança e até animais de outra espécie? Só não entendo porque é tão difícil encontrar pessoas que façam com os cães, exatamente o que eles fazem por nós ou por outros animais.
Acho que já passou da hora de nossa espécie aprender alguma coisa com as outras espécies, principalmente no que diz respeito à inteligência e solidariedade, nosso planeta que o diga, aliás, já tem algum tempo que tem dado grandes sinais de revolta, não é pra menos.

***********************************************************


Fátima Borges - artista plástica, poetisa, professora de português e teatro infantil;
colunista do site Petgree - www.petgree.vet.br;
vice-presidente da Ong DAAJ ( Defesa animal e ambiental com apoio jurídico);
colunista do site Florais e Cia - www.floraisecia.com.br

A Publicação é autorizada, CONSERVANDO TODOS OS CRÉDITOS E
CITANDO A FONTE: site “Florais e Cia” – www.floraisecia.com.br

















<<Voltar para página Anterior

 

 

Topo^   

COLUNAS