São Paulo, 25/06/2019        
PÁGINA INICIAL
Florais de Bach para animais
 
ARTIGOS     
 
Fantásticos aliados da natureza!


Considerados feios e esquisitos, estes mamíferos voadores, com grande capacidade para ingerir toneladas de insetos anualmente, contribuem consideravelmente para a redução de venenos químicos utilizados nas plantações, além de serem maravilhosos regeneradores de florestas, matas e cerrados degradados pelos humanos.É sabido que uma grande variedade de plantas dependem única e exclusivamente dos morcegos para não desaparecerem completamente. Eles chegam a transportar aproximadamente 500 sementes de plantas, essas dispersões de sementes são responsáveis por 95% da recomposição de nossas florestas!

Existem mais de novecentas e cinquenta espécies de morcegos no mundo, só 138 estão no Rio de janeiro.

Muitas lendas e crendices acerca dos morcegos levam as pessoas a acreditarem que este animal é tão perigosos quanto o Conde Drácula, o que é uma injustiça! Na verdade, o maior problema com os morcegos é a falta de informação sobre os mesmos, que ocasiona medos , preconceitos e matanças indiscriminadas, levando até a extinção de algumas espécies.

Os morcegos são vitais para o nosso ecossistema, são os únicos mamíferos voadores,não são cegos como muitos acreditam, são considerados um dos animais mais limpos da natureza e muito resistentes à doenças.

Apenas utilizando sons de ultra alta freqüência, os morcegos são capazes de detectar obstáculos mais finos que um fio de cabelos no escuro, esse sistema sofisticado chamado de ECOLOCALIZAÇÃO tem sido motivo de muitos estudos científicos. Até os morcegos hematófagos se revelaram um aliado para o homem, pois sua saliva possui um anti-coagulante tão fabuloso que poderá ajudar a salvar vidas de pessoas com doenças do coração.

Seus esconderijos naturais são as copas de árvores, folhagens, troncos e fendas de rochas, embora possam ser encontrados em sótãos, porões, telhados , garagens, etc., são animais silvestres e por isso mesmo protegidos pela LEI DE CRIMES AMBIENTAIS 9605/98 ART. 32, portanto não podem ser caçados e/ou mortos.

ALGUMAS ESPÉCIES DE MORCEGOS:

FRUGÍVOROS: se alimentam de frutas, espalhando sementes durante seus vôos , são os responsáveis diretos pela regeneração das florestas tropicais, Mata Atlântica, Cerrados, etc..;

INSETÍVOROS: alimentam-se de várias espécies de insetos, por isso, tem um papel importante no controle de algumas pragas agrícolas, sendo considerados inseticidas naturais por controlarem a proliferação de insetos;

NECTARÍVOROS OU POLINÍVOROS: se alimentam de néctar, de pólen e partes florais, sendo por isso responsáveis pela preservação de nossas florestas;

FOLÍVOROS; se alimentam de folhas;

CARNÍVOROS : caçam pequenos animais vertebrados para sobreviver;

RANÍVOROS: comem rãs, embora nenhuma espécie se alimente exclusivamente de anfíbios;

PISCÍVOROS: alimentam-se de pequenos peixes pescando-os dentro d’água usando sua fantástica ECOLIZAÇÃO durante a pescaria;

HEMATÓFAGOS: estes, alimentam-se exclusivamente do sangue de vertebrados, há apenas três espécies no mundo, uma ataca aves e mamíferos e a outra ataca só aves, raramente atacam humanos.

E, assim, espero ter contribuído para mostrar que os morcegos são nossos grandes aliados e não inimigos !

É claro que ninguém deverá pegar um morcego vivo , pois para se defender, ele poderá morder a pessoa e aí sim, poderá trazer perigo para a saúde , porém se algum acidente acontecer, no caso de mordida ou mesmo de um arranhão por morcego, a pessoa deverá lavar o local com bastante água e sabão e procurar imediatamente orientação médica na unidade de saúde mais próxima de sua casa. É importante não matar e nem jogar fora o animal para que ele também seja examinado, isso pode ser muito importante para a sua comunidade e para você próprio, mas não é comum um morcego atacar humanos, é mais fácil ele ter medo de você do que você dele, por isso, deixe o animal em paz, ambos ganharão imensamente com isso!
Fontes:
a href="http://www.morcegolivre.hpg.ig.com.br/" target="_blank">www.morcegolivre.hpg.ig.com.br


www.bioqmed-ufrj.br/ciencia/morcegos.htm


*******
Fátima Borges - artista plástica, poetisa, professora de português e teatro infantil;
colunista do site Petgree - www.petgree.vet.br;
vice-presidente da Ong DAAJ ( Defesa animal e ambiental com apoio jurídico);
colunista do site Florais e Cia - www.floraisecia.com.br
A Publicação é autorizada, CONSERVANDO TODOS OS CRÉDITOS E
CITANDO A FONTE: site “Florais e Cia” – www.floraisecia.com.br

<<Voltar para página Anterior

 

 

Topo^   

COLUNAS