São Paulo, 25/06/2019        
PÁGINA INICIAL
Florais de Bach para animais
 
ARTIGOS     
 
E, para quem gosta de perfumes exóticos mas tem sensibilidade, aqui vai um pedido de boicote aos perfumes e produtos adquiridos de forma cruel das glândulas dos animais.

É revoltante saber que o homem dotado de inteligência e, segundo muitos, de sensibilidade, não tenha a mínima compaixão quando se trata de obter lucro material.

Mais uma vez, deparo-me com o total desrespeito a natureza para satisfazer a vaidade humana. Ter vaidade é muito natural, mas precisamos ter cuidado para que ela não seja usada de forma vergonhosa e imoral, pois tenho certeza de que muita gente não faz idéia da origem do que lhe é oferecido, pois se assim o fosse, certamente estaríamos mais tranqüilos em relação ao futuro do planeta!

ALMISCAREIRO

Na China, sabe-se dos horrores cometidos contra os ursos para a obtenção de sua bílis para a produção de um medicamento "fictício" como também do maltrato aos almiscareiros, mas infelizmente, em todos os países deste planeta, a crueldade, principalmente no que tange a exploração de matéria prima animal não é diferente.

O Gato bravo da Etiópia fornece um produto perfumado quando chicoteado ao redor de seus órgãos genitais, por isso, são caçados e mantidos em fétidas gaiolas por anos.

O Almiscareiro, mamífero da família dos cervídeos, originários da Ásia e da África, são também caçados e mantidos numa minúscula gaiola por mais de 15 anos e, somente manuseados, de forma cruel, para a obtenção do odor agradável que exala de seus órgãos genitais, o Almíscar, que é matéria prima inclusive para outros produtos.

Os castores da Rússia e do Canadá, também foram presenteados pela natureza com um odor muito agradável, o que lhes rende também muito sofrimento.

Existem quatro essências que provém de mamíferos e que devem ser observadas na composição dos perfumes, evitando-se assim, estar conivente com a degradação humana em nome da ganância e vaidade que são: O almíscar, o castóreo, o âmbar cinzento e o gato-de-algália ou gato bravo.

Não é justo, nem inteligente espalhar pelo corpo substâncias conseguidas através do sofrimento e morte dos animais, é desumano, é bestial!

"...na inocente cabeça do animal não é possível colocar o peso de um fio de cabelo das maldades e erros pelos quais cada um terá de responder". Gautma Budha

Fontes:


HTTP://WWW.GUIAVEGANO.COM/SUBSTANCIAS/ALIMENTOS.HTM


WWW.GEOCITIES.COM/RAINFOREST/ANDES/1185/ALMISC


*******

Fátima Borges - artista plástica, poetisa, professora de português e teatro infantil;
colunista do site Petgree - www.petgree.vet.br;
vice-presidente da Ong DAAJ ( Defesa animal e ambiental com apoio jurídico);
colunista do site Florais e Cia - www.floraisecia.com.br
A Publicação é autorizada, CONSERVANDO TODOS OS CRÉDITOS E
CITANDO A FONTE: site “Florais e Cia” – www.floraisecia.com.br

<<Voltar para página Anterior

 

 

Topo^   

COLUNAS